Primeiramente não podemos confundir Lúpus com Lúpulo.

Lúpulo é aquela planta verde parecida com uma alcachofra e que é um ingrediente da produção da tão famosa cerveja.

Já o Lúpus é uma doença auto imune que ataca pessoas pré-dispostas geneticamente, tanto do sexo masculino quanto do sexo feminino, sendo os casos do sexo feminino nove vezes superior aos casos do sexo masculino, costuma  aparecer por volta dos 20 anos de idade. A doença, muito citada pelo famoso Dr. House, voltou aos noticiários depois da confirmação de que a cantora Lady Gaga tem lúpus.

O que é uma doença auto imune?

A doença auto imune é quando o seu organismo começa a atacar partes do próprio corpo identificando-as como vírus, bactérias e organismos invasores, e com isso começa uma batalha do corpo contra ele mesmo diminuindo a imunidade e causando danos à vários órgãos e inclusive a pele e músculos.

O Lúpus Mata?

Sim, caso não seja feito um tratamento e acompanhamento médico, o lúpus chega a matar. Uma vez que seu organismo vai enfraquecendo e perdendo a resistência, os verdadeiros vírus como os de gripes, doenças infecciosas e bactérias entram em um organismo enfraquecido e que não possui barreiras biológicas, contaminando e levando à morte.

Tratamento para Lúpus

O atual tratamento é feito através de corticoides e imunossupressores, mas o Lúpus não tem cura conhecida até o momento.

Sintomas do Lúpus

O diagnóstico de Lúpus é estabelecido quando 4 ou mais critérios dos abaixo relacionados estiverem presentes:

  • Eritema malar (vermelhidão característica no nariz e face), geralmente em forma de “asa de borboleta”
  • Lesões discóides cutâneas (rash discóide)
  • Fotossensibilidade
  • Úlceras orais e/ou nasofaríngeas, observadas pelo médico
  • Artrite não-erosiva de duas ou mais articulações periféricas, com dor, edema ou efusão
  • Alterações hematológicas (anemia hemolítica ou leucopenia, linfocitopenia ou plaquetopenia) na ausência de uma droga que possa produzir achados semelhantes
  • Anormalidades imunológicas (anticorpo antiDNA de dupla hélice, antiSm, antifosfolipídio e/ou teste sorológico falso-positivo para sífilis)
  • Fator antinuclear (FAN) positivo
  • Serosite (pleurite ou pericardite)
  • Alterações neurológicas: convulsões ou psicose sem outra causa aparente
  • Anormalidades em exames de função renal: proteinúria (eliminação de proteínas através da urina) maior do que 0,5 g por dia ou presença de cilindros celulares no exame microscópico de urina.

Meu colega de Blog o Bodex, durante a juventude apareceu com uma mancha nas costelas, e sua mãe por ter uma prima que morreu de Lúpus, ficou apavorada e correu atras de tudo quanto foi médico e tópicos na internet em busca de uma solução. Depois descobriu-se ser uma doença do mesmo tipo da lúpus só que com um nome um tanto estranho: Esclerodermia Cutânea, que geralmente se dá na superfície da pele paralisando os músculos sobre a área afetada. Assim como o Lúpus não tem tratamento e pode aparecer outras a qualquer momento.

Então tome cuidado, caso você leitor apresente algumas das características listadas nos sintomas procure um médico.