a pizza maravilhosa que eu fiz ficou muito semelhante a esta da foto

Depois que o meu pai morreu, a responsabilidade por pratos exóticos sobrou pra mim.

Logo aprendi a fazer um torresmo muito gostoso.

Então toda vez que vinha alguma visita, já vinham pro meu lado:

Toru vamos fazer torresmo no sabado?

Beleza, o tempo passou e resolvi tentar outra receita, Yakissoba!

Realmente a repetição e o tempo fazem com que as habilidades melhorem.

E desde que comecei a fazer Yakissoba, todos os parentes e amigos da família que vem nos visitar acabam pedindo o delicioso Yakissoba.

Logo eu já estava fanzendo o Mega Yakissoba 3 Quilos!

Já faz bem uns 10 meses que venho fazendo Yakissobas de todos os jeitos, cada vez fica melhor.

Cansado do Yakissoba resolvi procurar outra receita na interwebs. A bola da vez: PIZZA!

Depois de ler e assistir a várias receitas de pizza do Brasil, eu resovi entender um pouco mais da linguagem mãe das Pizzas (italiano) e procurei uma receita Original e Italiana.

Depois de muito procurar finalmente encontrei uma de meu agrado, e original da Italia.

Não sei dizer se é sorte de principiante ou se eu tenho uma facilidade com a cozinha, mas a Pizza ficou maravilhosa e deliciosa, se eu colocasse em uma caixa de pizzaria todos iam acreditar que a pizza era de pizzaria.

Infelizmente das duas pizzas que fiz, a primeira de presunto e queijo com tomates e a segunda de calabresa com cobolas, não sobrou nem pó pra contar história.

Esqueci de dizer que também neste tempo que tenho estado à toa (1 ano e 4 meses desempregado) eu aprendi a fazer esfihas muito deliciosas e no mês passado eu tava com tempo de sobra e fiz 36 cupcakes de chocolate que derretiam na boca.

Com tanta comida assim estou vendo que os meus 160 kg logo logo eu vão virar 200.