Durante a minha atualização diária nos portais de notícias me deparei com uma história que parecia interessante e comovente:

burrice alheia tira blogueiro do sério

Doador misterioso transforma vida de mãe no sertão de Pernambuco!

Resolvi então ler a notícia.

Resumindo a moça que é órfã de pai e mãe, separada do marido, com 3 filhos, sendo um deles recém nascido, vivia de revirar o lixão da cidade de onde tirava o alimento de seus filhos, roupas para usar e até brinquedos para as crianças e com isto virou notícia em um dos Jornais Diários da Globo.

Ao que tudo indica um bom samaritano que ficou emocionado e resolveu agir mas sem ser identificado. Entrou em contato com uma assistente social da cidade e através desta fez uma reformada na casinha judiada da catadora de lixo, aumentou um cômodo, comprou móveis, geladeira, fogão, roupas e mantém mandando dinheiro para que a assistente social faça uma compra e pague as despesas do mês da família.

Até aí nada muito estranho, aqui em casa houve um tempo em que a situação financeira era melhor e a minha mãe também pegou uma família pra ajudar com mantimentos e roupas.

Então a catadora de lixo, agora mora com dignidade em uma casa boa, com energia elétrica, separada do marido, com os três filhos, grávida novamente, comendo comida decente e até os presentes do Papai Noel as crianças receberam este ano.

Opa! Espere um minuto!

“…separada do marido… GRÁVIDA N O V A M E N T E ?”

Mas o que que é isso minha gente?

O bom samaritano está sendo feito de palhaço? Arrumou a casa, manda dinheiro, paga as contas, paga a comida pro “CASAL SEPARADO” ficar FODENDO e fazendo filho as custas dos outros?

Isso me irrita profundamente, não pelo bom samaritano que fica bancando a diversão alheia, mas pela BURRICE da pessoa que sem pensar nem um pouco coloca em risco não a própria vida mas as vidas das 3 crianças, e que podem perder tudo o que conseguiram porque a mãe delas não é capaz de fechar as pernas.

O bom samaritano, tem o direito de se sentir explorado e pode resolver de uma hora para a outra parar de bancar o “Casal Separado” que quer curtir a vida às custas dos outros enviando os 4 filhos novamente a uma vida no lixão.

E ainda ter que ouvir a Dona Maria dizer: “Eu ishpero um futuro mélhor”!

Me dá até arrepio de raiva!

Depois aqueles grupos de Direitos Humanos vêm com conversinha furada, mas na realidade a frase mais correta é:

Probre BURRO, tem mais é que … a esquece estou falando sozinho aqui.

Mas que me dá raiva da BURRICE, ah isso dá.