No Sri Lanka, um país lá da Ásia aconteceu algo histórico.
Um pintinho que nasceu dentro da galinha!

Isso mesmo, a galinha, ao invés de botar o ovo para fora do corpo, o reteve dentro de si, durante a “gestação”.

E quando o pintinho estava pronto para nascer, quebrou o ovo dentro da galinha e saiu pela cloaca.

Felizmente (visto pelo lado econômico da história) a galinha morreu. (Protetores da natureza não desejem a minha morte)

Digo felizmente pois se não for uma doença ou um defeito genético, seria uma evolução, e devo dizer que uma evolução nada interessante à economia e gastronomia.

Imagine que desta galinha surjam descendentes com a mesma mutação.

Imagine um futuro sem ovo.

Os vegetarianos dirão – “Eu sou vegetariano e vivo sem ovo, todos o podem fazer.”

Consegue imaginar um mundo sem pães, bolos, hamburgueres, ovos mechidos?

EU NÂO.