Samsung Galaxy Gear – To Precisando de um Celular novo

relógio esperto samsung galaxy

Nos últimos anos foram lançados, às toneladas, novos modelos de telefones celulares, ou melhor dizendo Smartphones.

Algumas empresas conseguem fazer o top do top em questão de tecnologia disponível.

Colocar todas as tecnologias mais avançadas dentro de 160 gramas e 16x9x0,8cm.

Podemos citar como exemplo, Samsung Galaxy SI, Samsung Galaxy SII, Samsung Galaxy SIII, Samsung Galaxy S4, iPhone, iPhone3, iPhone3GS, iPhone4, iPhone4S e iPhone5. 

Aquilo de melhor em seus anos de lançamento, telas super resistentes, super resoluções, mais memória RAM que qualquer computador POSITIVO, memórias Flash de 8, 16, 32 e até 64 GB, baterias que suportam um sistema pesado e ainda jogos com gráficos absurdos.

Mas nem tudo são flores, um mal exemplo (Sony Mobile), infelizmente, digo isso pois sou fanzaço da Sony, meu primeiro Smartphone foi um Sony P1i, minha tv da sala é uma Sony Brávia LED, o som do meu carro era um dos primeiros MP3 players com leitura de Pendrive Sony.

Mas a Sony infelizmente tem feito escolhas não muito boas.

Nos celulares, onde os concorrentes desenvolvem novas telas AMOLED ou RETINA a Sony continua com o TFT de 1000 eras “celularísticas” atrás, modelos diferenciados na qualidade e capacidade para menos no Brasil e para mais no resto do mundo, não suportam a execução e uma vasta gama de codecs de áudio e vídeo, enquanto todos os fortes têm de 16 a 64 GB de memória física, os da Sony vêm com 8, e não se deixe enganar pelo que diz, expansíveis até 64 via SD, pois tem aplicação em ANDROID que só roda na memória física do aparelho e não dá pra jogar pro cartão SD, e mais uma lista que vai embora.

Continuando hoje, 22 de agosto de 2013 saiu um vídeo e imagens prévias de um smartwatch ou que seria um Relógio Esperto da Samsung em tradução literal, que é um dispositivo rodando ANDROID 4.3, telas AMOLED flexíveis de 2″ no modo relógio e 3,5″ no modo aberto, GPS, NFC, Bluetooth, Facebook, Twitter e ainda carregador por USB. (detalhe a Sony foi a primeira a lançar um produto assim, mas poderia ter caprichado mais)

Estou ansioso pra ver como vai ser (pela internet e na mão dos outros).

Tudo que um fã de tecnologia poderia querer.

Pois é, querer não é poder.

Eu queria ter um Smartphone e tenho apenas um celular.

O incrível e elegantíssimo, resistente a quedas, com 16 MB de memória interna expansível pra 2 GB por micro SD, GSM e EDGE, com uma tela de 2 polegadas, sistema Symbian, blutooth 1.0, não tem Wi-fi, não tem GPS, não tem TV, não tem Facebook, não tem tuíter, a bateria dura 15 dias no stand by, o LG GX200 com sua incrível câmera de 1.3 megapixel, até a webcam do notebook que vos escrevo é melhor. Resolução de foto 800×600, resolução de vídeo 320×180.

More

Quebrando Limites

Um artista pode saber que está fazendo sucesso, através das vendas de discos, hoje em dia também pelo volume de views no Youtube ou de downloads tanto nas lojas online quanto nos servidores de arquivos piratas.

Mas, quando o artista, vê um vídeos desses ele tem a certeza que sua música extrapolou os limites da audiência.

Muito fera.

More

Manifesto de um Estudante

“Governo Federal: Trabalhando em todo o Brasil.”, 1994 – 2002;

“Brasil um país de todos.”, 2003 – 2010;

“Brasil: País rico é país sem pobreza.”, 2011 – [?],

Onde vamos parar com esse populismo em busca do poder sem uma causa popular? Até quando o “ser o partido que ganhou” vai superar o “ser o partido que mudou, que melhorou, e deixou seu legado para as próximas administrações”?

 

Inicia-se uma luta contra o aumento de R$ 0,20 nas passagens ônibus com cerca de três mil manifestantes na grande capital, São Paulo, julgado pela mídia como uma luta sem propósito incentivada por hipócritas de classe média alta que nem utilizam do mesmo para se locomover. Então a policia vem e, literalmente, “desce o cacete” (com o perdão da expressão) nos manifestantes, a partir disso o GIGANTE ACORDA e diz ao país e ao resto do mundo que estiver interessado: “Não é apenas pelos R$ 0,20, mas por vários outros motivos que há anos vêm travando o avanço nacional.” Centenas de milhares de pessoas começam a sair às ruas para lutar por seus direitos, sem partidos, sem uma causa única (foco nessa parte), com um ponto de partida, mas sem um ponto de chegada até então e a policia ainda “desce o cacete” e a mídia busca sempre mostrar os confrontos e enfatizar que o movimento também contém vândalos que buscam causar a desordem. O governo se assusta, e começam as reuniões de emergência, pronunciamento em rede nacional, votação de emergência sobre os principais pontos colocados pelos manifestantes e o tal plebiscito vai sair do papel até setembro, segundo os senadores e deputados. Bom, até aí todos estamos esgotados de tanta repetição.

E agora? O objetivo foi cumprido? Vamos sentar e esperar o tal plebiscito sair para votarmos e todos sairão felizes?

 

Manifesto no Rio de Janeiro, junho de 2013

Como disse anteriormente, devemos focar na falta de uma causa única para as manifestações, pois o país tem passado por momentos de tantos transtornos, tanta falcatrua, tanto vandalismo por parte dos políticos brasileiros… Não se tem uma causa única, tem-se inúmeras deficiências causadas por um país com excesso de pessoas despreparadas, que nos dá tantos motivos para sair às ruas, que se enumerassem os problemas não haveria texto em si, apenas problemas.

Como não é o intuito desse texto ficar repetindo pela enésima vez os problemas que todos nós já conhecemos. O motivo desse texto é outro, é mostrar o porquê não devemos parar de “ir para a rua”, de pressionar os nossos representantes e de sempre estar em dia com a política municipal, estadual e federal.

 

 

Não podemos deixar de lado o gigante que tanto demorou a acordar, e agora que ele mostrou sua força, temos que continuar o movimento, para mostrar aos políticos que não somos vândalos, que se a população realmente quisesse quebrar alguma coisa, ela conseguiria facilmente e a primeira coisa a ser quebrada seria a cara dos políticos safados que estão “nos representando”. Ao acordar o gigante conseguimos lembrá-los que nós é que estamos no poder e que eles estão ali para que possam sempre melhorar o país, melhorar a situação da população e não para aproveitar disso e torná-la mais ignorante e de fácil manipulação.

 

Por isso que digo a vocês que, se continuarmos mostrando nossa força, mesmo sem causa única, sem partido; mais dia menos dia estes, que estão ali apenas para tirar proveito, estarão fora.

 

Não acredite na mídia, hoje temos o Youtube, o Twitter, o Facebook, essas são as grandes armas da população, no intuito de se organizar, estabelecer metas e buscar os ideais do nosso gigante, que tem que crescer cada dia mais.

 

As redes de televisão querem mostrar apenas o vandalismo, a baderna por alguns motivos simples:

  • audiência,
  • interesse político
  • desmoralização/desmotivação do movimento.

 

Sim, a mídia quer desmotivar o movimento porque a eles ainda interessa manter esses canalhas no poder pela influência positiva gerada pelos mesmos para a mídia, ou seja, o velho jogo de interesse. A partir do momento que esta achar que o movimento pode vencer a força repressora ela muda de lado, como começou a acontecer a partir do dia 17 de junho deste ano de 2013, onde por quatro dias de Copa das Confederações a rede globo, principalmente, parou de falar de futebol, cancelou a novela, para tratar a respeito das manifestações, pois perceberam a dimensão do movimento.

 

Prova disso foi ver os noticiários da rede globo em TV aberta e fechada com as matérias sendo gravadas ,por um repórter que era correspondente internacional ,e teve que voltar ao Brasil para trabalhar sem uniforme e sem qualquer outra identificação da rede globo. Isso ocorreu devido ao fato que o movimento “sem causa única” estava tão organizado e focado que conseguiu oprimir até mesmo a maior rede de comunicação do país.

 

É por isso que escrevi este humilde texto, para pedir a você que não pare de lutar, não pare de “ir pra rua” com seus propósitos, pois a falta de causa única (como é tratado pela mídia e por alguns alienados) nos faz ter uma única causa:

A BUSCA PELO VERDADEIRO BRASIL DOS BRASILEIROS.

More

A História do Caipira e a Bicicleta

Há mais ou menos 8 anos, nas idas e vindas da faculdade, que era em uma cidade próxima de onde eu moro, um dos colegas de van, certa vez colocou um áudio de um caipira contando a aventura que foi andar de bicicleta pela primeira vez.

Tenho certeza que quem já ouviu a história vai rachar de rir.

Quem nunca ouviu vai chorar de rir, de doer o maxilar.

Fera demais.

More

Futilidade Domésticas

Invenções Muito Proveitósas

 

O mundo pertence aos criativos, cada coisa que ninguém pensa, e que ninguém sentirá falta.

futilidades domésticas para o dia a dia

More

Senhores…

A guerra em meu planeta se agravou, preciso partir imediatamente.

o super cão

More