Tagged: remedios

Como Fazer Remédio Caseiro

remédio caseiiros para curar todos as doenças das pessoas

Hoje em dia é pouco comum o uso de remédios caseiros, pois qualquer dorzinha na unha do mindinho do pé o sujeito vai lá no postinho da prefeitura e pega 25 remédios diferentes que nem sabe pra que serve, mas há alguns anos atrás o remédio caseiro era o que tinha para aliviar e curar os mais diversos males.

O remédio caseiro mais usado no Brasil deve ser o Álcool, não de carro né, álcool de cozinha. Primeiramente pra mim que sou mais do interiorrrr, é de costume do pessoal mais antigo dizer que quando a pessoa está com febre alta você deita e pessoa e passa álcool pelo corpo (não vá fazer uma coisa dessas é extremamente perigoso), acredito que não deve resolver, e já aconteceu aki na cidade de a pesso passar o álcool esquecer q pega fogo e acender uma vela na beira da cama pra Nossa Senhora, adivinha no que deu.

Mas existem situações em que o álcool pode ajudar, minha mãe quando um dos pequenos está com febre alta, depois de dar o antitérmico de farmácia, enche a banheira (quem não tem usa bacia) com água, coloca alcool e sal grosso, e a pessoa dentro, diz ela que ajuda e que foi indicação de médico. Sempre tem também aqui em casa uma “conserva” de folhas de Arnica com Alcool, para passar em picadas de pernelongos, marimbondos, abelhas, dores nas juntas, etc.

Outro remédio caseiro grande salvador da pátria é o Hortelã, serve para tirar a dor de cabeça, faz bem pro nariz, pro pulmão, pra respiração.

Temos também a camomila que é um excelente remédio caseiro para acabar com o nervosismo e a preocupação, e deixar a pessoa bem calma e relaxada.

Mas daqui da minha região os remédio caseiros mais utilizados, e inclusive em todas as praças publicas da região com jardins têm destas plantas o boldo e a carqueja. Se você não sabe pra que serve você  nunca precisou rezar pra São Boldo e Santa Carqueja. São os melhores remédios caseiros para acabar com ressaca, enjoo, tontura, dor de estômago, e acredito que todos os bares deveriam ser enfeitados com estas ervas milagrosas.

É claro que existem também os remédios caseiros, vendidos em feiras, como 7 ervas, levanta defunto da amazônia, 12 raízes, garrafada milagrosa, que curam dor de dente, pressão alta, câncer, dor de barriga, diarréia (coca cola dizem que é o melhor remédio), e tudo quanto é doença que aparece na pessoa.

Tomar remédio caseiro para problemas pequenos que se curariam sozinhos depois de algum tempo até vale a pena, mas arriscar tratamentos fitoterápicos para doenças crônicas é muito arriscado, e eu não troco o meu Olmetec 40 com Amlovasc 5 por planta nenhuma nesse mundo.

More

Hipertensão dos Infernos


nao se automedique voce pode morrer

Bom já comentei em outro post não sei qual que além de pesar algumas arrobas eu sofro de hipertensão severa.

Bom tudo ia bem, eu tomo medicamentos há 5 anos e a pressão arterial anda controlada.

Raras vezes após um churrasco, ou uma comida mais forte minha pressão dá uma desequilibrada e os sintomas são confortáveis:

  • Palpitação
  • Tremedeira
  • Tontura
  • Insônia

Hoje eu descobri da pior maneira que quando eu ficar doente devo recorrer a chás e vitaminas.

Tudo pois há uma semana peguei um resfriado leve, graças à frente fria que veio do sul, e esfriou São Paulo deixando muita gente desconfortável, e o Sul de Minas Gerais (de onde eu escrevo) em que a temperatura é uns 5 a 10 graus mais baixo que São Paulo, trazendo gripes e resfriados.

Tudo bem, gripe ou resfriado leve, não sei bem diferenciar os dois, só sei que começou com nariz entupido, depois dor de garganta por uns 3 dias, depois tosse e por ultimo uma ardência no nariz o que me fazia espirrar e ficar com os olhos vermelhos o dia inteiro.

Automedicador como sou logo lembrei de dois remédios que já me fizeram bem: (mais…)

More

8 Coisas Constrangedores de se Comprar na Farmárcia

farmacia
“Uma cartela de pramil, um Ky, hipoglos e um pacote de camisinha do timão! É pra já meu jovem”

Ir a farmácia é uma situação complicada. Naqueles poucos momentos em que você conversa com o farmacêutico ou faz o pedido ao balconista, sua vida está exposta. Aquele cidadão em pouco tempo saberá muito mais sobre sua vida e sua intimidade do que qualquer outra pessoa. E isso não é legal. Porém não há escapatória. A única solução é confiar no profissionalismo do pessoal e torcer pra ele não ser conhecido seu ou de algum amigo seu.

Pensando nessa situação constrangedora, fiz essa lista das “8 piores coisas pra se comprar na farmácia”. Partindo do 8, o menos pior, até o 1, o mais constrangedor.

8 – Camisinha: ok, camisinha até que é “de boa”. Apesar do pessoal olhar torto, você pode ao menos se gabar que esse olhar em vários casos é de inveja. Todo mundo vai saber que você vai tirar a barriga da miséria, é constrangedor, mas é bom pra você. Só evite comprar aquelas camisinhas cheias de firulas tipo cor, cheiro, estampa do seu time de coração, textura e etc. Não pega bem.

7 – Lubrificante: esse é um pouco mais complicado do que o primeiro item. Veja bem, é preciso estar seguro de si e ter firmeza no momento da compra. De preferência esteja sozinho. Qualquer deslize pode dar a entender que quem terá o “roscofó” besuntado é você. E você não quer ficar sujo na rodinha né!? Rá!

6 – Remédio/Pomada para hemorroidas: fazer o que… tá com o brioco tal qual uma couve-flor desabrochada e não há escapatória, é preciso se tratar pro negócio não piorar ainda mais. Vai na cara e na coragem. Só evite entrar na farmácia com a bóia debaixo do braço, por que ai não vai dar pra controlar o riso.

5 – Pomada para assaduras: marmanjo comprando hipoglos? Só se for pai de um recém nascido ou um gordo. Em qualquer outra situação, pega mal. DICA: Se quiser manter sua integridade intacta, jamais adquira os itens 7 e 5 numa mesma compra.

4 – Remédio para micose: tudo bem, todo mundo pode pegar micose. No clube, na praia, na sauna, todos estamos expostos. Mas não dá pra negar que micose tem um status de porquice. Ao solicitar um frasco de Vodol, a imagem de você se coçando todo é gerada automaticamente na cabeça do balconista. Infelizmente. Pra você e pra ele.

3 – Remédio para Impotência: não importa se, assim como no caso da camisinha, você vai se dar bem a noite. Comprar remédio para desfunção erétil é constrangedor para qualquer um. Seja para o tiozinho já velho, seja para o coroa ou o jovem que só quer saber como o treco funciona. Bater no balcão e pedir uma caixa de Viagra provocará olhares suspeitos, espantados ou de complacencia por parte do vendedor.

2 – Supositórios: Totalmente desagradável. Tudo bem que em alguns casos a utilização deste tipo de medicamento é a opção mais eficiente para a cura de suas mazelas, mas o pessoal não precisa saber que você inseri-los reto adentro.

1 – Remédio para DST`s em geral: sífilis, cancro mole, gonorreia, crista de galo e outras doenças com nomes engraçados e que você utiliza como forma de xingamento não são bem vistas por ninguém e passam uma sensação de porquice ainda maior do que micose. Quem te atender vai pensar que tipo de vadia perebenta você pegou para ter contraido tal doença. Se tiver uma atendente gatinha então, pode esquecer qualquer chance de cunho sexo-copulatório com a mesma, seu filme já está totalmente queimado.


More